Embalse el Yeso: oásis bem guardado do Cajón del Maipo

   |        |     Atualizado em 12 de abril de 2016

Muitas vezes as belas paisagens de um país estão bem longe dos centros urbanos, mas no Chile, além dos Andes cercando a capital Santiago, você encontra outra vista incrível a apenas 100 km da cidade: o Embalse el Yeso!

Céu azul, águas verdes e belas montanhas no Embalse el Yeso, na região do Cajón del Maipo

Embalse el Yeso

A represa fica no meio da Cordilheira dos Andes, recolhe a água do degelo das montanhas no verão e é responsável por abastecer boa parte da cidade de Santiago. A água da represa tem um lindo tom esverdeado, e a cordilheira ao fundo só deixa a paisagem ainda mais incrível.

Toda a região do Cajón del Maipo ainda não é muito explorada pelos turistas estrangeiros, mas o Embalse mesmo com o seu difícil acesso vem sido descoberto nos últimos tempos. A palavra certa talvez seja emocionante, já que em parte do trajeto até lá você balança em uma estrada de terra e cascalho de duas mãos que dividem uma única faixa e acompanha os contornos de um penhasco. Não falei que era emocionante?

Para você ter uma noção melhor da escala do Embalse el Yeso, no Chile

Existem algumas empresas que fazem o passeio até lá, o que pode ser uma boa opção para quem não quer se preocupar em dirigir com tanta emoção, mas se você é como nós e prefere ter um pouco mais de autonomia, saiba que também é possível alugar um carro e ir por conta própria (com GPS, claro!). O acesso ao Embalse é livre, gratuito e uma ótima opção de passeio bate e volta a partir de Santiago.

Já ficou com vontade? Alugue agora seu carro pagando em real e em até 12x sem juros! É bem mais barato ir por conta própria 😉

Panorâmica do céu azul, águas verdes e belas montanhas no Embalse el Yeso a 100 km de Santiago

Para ir ao Embalse el Yeso de carro

Escolha do carro

Escolher o carro foi a minha primeira preocupação, pois li que a estrada era perigosa e muitos recomendavam carros mais potentes ou até 4×4. Alugar um 4×4 não estava nos nossos planos, então fui atrás de relatos em espanhol e de moradores de Santiago (é muito mais difícil assustar os nativos!) e percebi que era normal ir até lá com carros comuns e básicos. Então, fizemos nossa reserva de um Sail Classic 1.4 (sedã pequeno da Chevrolet), o que nos poupou uns bons pesos, e nos preparamos para dirigir com muito cuidado 😉

Olha, uma dica que pode parecer boba, mas não é: encha o tanque do carro antes de sair de Santiago! Não vimos mais do que dois postos de gasolina no caminho e, claro, bem mais caros do que em Santiago.

A estrada para o Embalse el Yeso já movimentada, mas em um trecho ainda bem tranquilo de dirigir

Quando me preparo para a emoção?

A boa notícia é que a maior parte do trajeto é bem tranquila. De Santiago até o Embalse são uns 100 km, mas a viagem dura mais ou menos 2h30, porque a partir de San Gabriel, ainda a quase 30 km do Embalse, a estrada muda, o asfalto vai sumindo e você precisa reduzir a velocidade e ter muita atenção na estrada.

Depois de passar por cidades muito pequenas, como San Gabriel e San Alfonso, você acessa o complexo da pedreira/represa onde só trafegam os carros daqueles que vão especificamente ao Embalse e veículos de serviço das empresas dali. Aliás, durante nosso caminho de ida, um desses veículos de serviço pediu que parássemos para nos avisar de uma tromba d’água.

Logo chegamos à tromba d’água, onde encontramos alguns carros estacionados numa curva um pouco mais larga para aproveitar a pequena cachoeira que se formou.

Tromba d'água que gerou tumulto no caminho para o Embalse el Yeso no Cajón del Maipo – Chile

Como a pista é estreita e usada por grandes caminhões, quando se avista um deles ao longe, muitas vezes é necessário parar em algum trecho mais largo e aproveitar a vista durante um tempinho, especialmente nas sequências de curvas nas grandes subidas e descidas.

Conforme as horas passam, a via fica mais movimentada e conforme você vai chegando perto do Embalse, o caminho vai ficando mais tortuoso e estreito, então não relaxe a atenção por estar quase chegando.

Na volta, tivemos que esperar por quase meia-hora por conta de uma interdição na estrada para a passagem de muitos caminhões que vinham no sentido contrário, parece que isso é comum se você volta no fim do expediente dos operários (entre 15h e 17h).

Onde estacionar no Embalse el Yeso

Não espere encontrar um estacionamento, pois o Embalse el Yeso não conta com qualquer estrutura turística, mas há um bom espaço para parar o carro fora da estrada, por onde passam os caminhões, e bem próximo à água, só é preciso ter cuidado com pedras maiores. Na dúvida, saia da estrada e desça do carro para avaliar o melhor caminho até o ponto onde já devem haver outros carros parados.

Vista das montanhas que cercam o Embalse el Yeso no Cajón del Maipo no Chile

O que comer

Como disse acima, não há nenhuma estrutura turística fixa próxima à represa, tanto por ser um lugar afastado das cidades quanto por ser em primeiro lugar uma área de serviço das empresas que exploram a pedreira e controlam a represa, então você não vai encontrar nenhum lugar para comer por lá.

Isso faz com que você tenha duas opções: levar a própria comida e fazer um piquenique (mas, por favor, recolha o seu lixo, não tem coisa mais desagradável do que uma garrafa ou sacola boiando em águas cristalinas) ou comer nas pequenas cidades por onde passamos antes de chegar lá.

Escolhemos essa última opção e fizemos uma parada para o almoço em San Alfonso.

Almoço em San Alfonso

A nossa escolha foi o restaurante/cafeteria Dejavu, bem na beira da estrada. Aliás, a escolha foi totalmente aleatória: estávamos com fome, vimos as placas, gostamos da entrada, resolvemos parar! É uma sensação tão boa acertar assim de repente sem ter que planejar muito, né?

Restaurante Dejavu em San Afonso no caminho para o Embalse el Yeso perto de Santiago no Chile

A comida é caseira, simples e deliciosa, basicamente tudo o que queríamos naquele momento. Além disso, o ambiente do restaurante é muito acolhedor, e a dona, uma simpatia!

Éramos os únicos clientes num início de tarde de sexta-feira e aguardamos um 15 minutos pelos nossos dois omeletes e dois sucos feitos do zero após o pedido. O tempo passou bem rápido enquanto ouvíamos a dona/cozinheira cantarolando alguma música chilena tranquila que vinha do rádio na cozinha.

Almoço no Restaurante Devaju em San Afonso, no caminho para o Embalse el Yeso, perto de Santiago no Chile

Nosso pedido completo: 2 omeletes + 2 sucos grandes por 11.000 pesos chilenos, incluindo o serviço.


Reserve agora o hotel ideal para a sua viagem em Santiago!


Quando ir ao Embalse El Yeso no Cajón del Maipo

Nós fomos no verão, o que parece ser a melhor opção para quem quer ir por conta própria, pois você não tem que se preocupar com a neve na estrada ou com temperaturas extremas. Além disso, o caminho até o Embalse pode ser fechado no inverno em caso de excesso de neve. De qualquer maneira, venta muito por lá, então leve uma blusa para garantir, mesmo no verão.

Ah, mas não pense que é só no verão que dá para ir de carro: veja o relato e as fotos do blog Ziga da Zuca, que pegou muita neve no caminho e aproveitou também as termas da região do Cajón del Maipo!

Independente da época do ano, se as condições forem boas, vá! Você vai se segurar forte no carro, mas o lugar é maravilhoso!

Assine o blog e não perca nenhum post! 😜

Embalse el Yeso

Embalse del Yeso, Cajón del Maipo, Chile

Vai para o Chile? Veja também:

O que fazer em Santiago: dicas de passeios imperdíveis!

Como é voar com a Gol para Santiago

Visite as casas de Pablo Neruda no Chile

Conheça a bela vinícola orgânica Emiliana

Vinícola Undurraga: paraíso dos vinhos a 30 min de Santiago

O que fazer em Las Condes: parque Araucano e shopping Arauco

Embalse el Yeso, atração perto de Santiago no Chile

Compartilhe!
  • 169
  • 253
  •  
  •  
  •  
  •  

Curtiu? Deu vontade de viajar? Planeje sua viagem com a gente!

Reserve seu hotel no Booking.com! São milhares de hotéis com cancelamento gratuito.
A Rentcars.com compara várias locadoras de carros, cobra em Reais e parcela em 12 vezes!
Ganhe 5% de desconto com o código COISOS5 ao comprar seguro viagem na Seguros Promo.
Você precisa de Internet quando viaja! A EasySim4u oferece voz e dados em mais de 140 países.

Todos os parceiros são escolhidos com cuidado para que você sempre consiga o melhor preço! Além disso, quando você usa nossos links e afiliados, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog e o melhor é que você não paga nada a mais por isso.

Quer ficar sempre por dentro das nossas novidades? Assine o blog!

Eu sou a Coisa e sou a parte um pouco mais criativa e espontânea do blog. Escrevo a maioria dos posts, defino mais ou menos a direção das pautas, me preocupo além da conta com cada coisinha que temos de fazer para melhorar o blog e estou sempre convencendo o Coiso a viajar mais um pouquinho!

37 comentários em "Embalse el Yeso: oásis bem guardado do Cajón del Maipo"

  • Olá! Adorei o relato, não conhecia esse lugar. Mas agora com certeza irei preferir conhecê-lo no único dia livre que terei em Santiago! Iremos eu e meu esposo dia 23/10, li que a neve já teria parado mas tenho acompanhado e parece que continua tendo algumas nevascas. Estou na dúvida se fazemos esse passeio de carro ou com alguma empresa. Fiz pesquisas e o passeio mais em conta que achei foi 25.000 pesos. Mas não faço ideia de quanto gastaria fazendo de carro, tem como me dar uma luz? Em relação ao aluguel, combustível, alimentação etc.. a estrada ente si que é complicada, mas nada impossível né.. parabéns pelo blog, abraços!

    • Oi, Nathany
      25.000 pesos é o preço médio da diária do carro (pode ser que ache um pouco mais barato). Imagino que com combustível + alimentação o preço deve ser relativamente parecido com os que esse empresa te passou. Então, além do fator financeiro é importante levar em conta como você gosta de viajar: por conta própria você tem mais liberdade e autonomia e pela empresa mais comodidade e conforto. Pense um pouco sobre isso 😉

      Boa viagem e aproveite muito Santiago!

  • […] do modelo + gasolina). Os Coisos on the Go foram  no verão e contaram tudo sobre o passeio ao Embalse el Yeso de carro. A Débora, do blog Foco no Mundo, fez o passeio ao Cajón del Maipo com agência, […]

  • Olá! Vou agora no proximo feriado e tenho uma duvida…Você so foi para Embalse ou foi tambem para Cajon del Maipo e para as termas Baños Colinas? Queria saber se é possivel fazer os 3 lugares de carro por conta própria e num dia só! Li muito que precisa de carro 4 x 4 também.. Obrigada!!!

    • Oi, Daniella
      Fomos para Cajón e Embalse. Você consegue fazer tudo no mesmo dia se sair bem cedo.
      Dirigindo com atenção, dá para ir para o Cajón e Embalse (como não fomos no Baños Colinas, não tenho como falar que é possível, ok?)

  • Sensacional o post! Ajudou mto e só reforçou a minha vontade de conhecer esse lugar encantador!
    Estou indo com meu marido dia 27/04/18 e, como ficaremos poucos dias, estamos expremendo a agenda pra tentarmos aproveitar ao máximo. Então, me tirem uma dúvida, qto tempo demorou esse passeio? É possível sair bem cedinho e gastar apenas uma manhã? Vamos alugar carro tb, justamente para termos autonomia com o tempo de cada passeio.

    • Oi, Jeisa! Que bom que gostou do post 🙂
      Então, a parte mais demorada é o trajeto em si, alguns trechos da estrada exigem atenção. Fora isso, se você quiser ir apenas no Embalse, acho que uma manhã dá (saindo beeem cedo, ficando pouco tempo no embalse em si, e mesmo assim será bem apertado). A região têm outros passeios (como as termas) e se tiver mais tempo disponível pode valer a pena.

      Boa viagem! Aproveitem muito!

  • […] amigos do blog Coisos on the Go foram por conta própria em carro alugado, vale conferir as dicas […]

  • Olá, boa tarde! Você foi em qual mês? Eu devo ir agora logo no início de novembro e me falaram que sempre vai ter um pouco de neve na estrada. Também tinham me falado que era melhor pegar uma caminhonete para evitar problemas como pneu furar, você achou desnecessário? Obrigada pelo post! Ajudou muito

    • Oi, Ursula

      Nós visitamos o Maipo em 18/12 e não vimos qualquer sinal de neve, então acredito que em novembro a estrada já esteja em boas condições. Em relação à escolha do veículo, com certeza um carro mais robusto ou uma caminhonete vão oferecer uma resistência maior, mas não sentimos a necessidade disso na nossa experiência. No entanto, vale lembrar que pode ter sido sorte nossa ou algo assim, então se você não se sente confortável em correr o risco de um pneu furado, talvez valha a pena investir um pouco mais no carro.

  • Qual a viabilidade de se ir com crianças pequenas no verão? As minhas são bem tranquilas e acostumadas a viajar, mas vendo a tripinha que é a estrada eu fiquei meio cabreiro, rsrsrs

    • Oi, Alex

      Dirigindo com calma acho que não tem problema não, espero que elas se interessem pelo local haha. E ah, não esqueça de levar lanche e qualquer outra coisa que as crianças precisem porque como dissemos no post não há estrutura alguma de turismo por lá!

      Momento jabá (mas como você está viajando com crianças é mais do que necessário): Faça um seguro viagem! Mesmo não sendo obrigatório no Chile, é bom prevenir, né? No final do post tem link para nossos serviços e você também pode usar o código ‘Coisos5’ que dá 5% de desconto no seguro viagem que você escolher

      Boa viagem!

  • pretendo ir a Santiago de 12 a 23/07; É seguro fazer este passeio em um Gol? já locamos o carro e vamos em dois casais.
    Já locamos carro parecido em UShuaia, El Calafate, Puerto Madryn na Patagõnia Aargentina, mas embora tivesse neve, logo cedo passava os veiculos limpa-neve liberando a estrada.
    Pelas fotos desta estrada, parece que não há nenhuma estrutura, por isto que pergunto: será seguro ir de Gol?
    Agradeço muito a orientação
    Carlos Teles

    • Oi, Carlos
      Não consigo te responder com certeza essa pergunta, mas no final do post deixei um link de uma colega que foi até o Embalse com neve em um carro compacto. Deu tudo certo, mas recomendo que você leia o post 😉
      E boa viagem!

  • Coloquei no roteiro!! vamos de carro também!!!

  • Estive em Cajón del Maipo, Embalse el Yeso, em julho, muita neve por lá, fomos por agência, a van ficou um pouco distante da lagoa e fomos caminhando até lá, escorregava muito por causa do chão congelado, sapatos apropriados são muito importantes com muita neve, mas foi maravilhoso, lugar lindo, especial e inesquecível mesmo com o tempo nublado que estava qdo fomos, vale muito a visita, passeio de dia inteiro, não deixe de ir na sua viagem aí Chile. Valle Nevado e Farellones tb é bonito e vale a viagem mas são experiências diferentes, no Embalse, tão junto à Cordilheira dos Andes, a sensação de paz é única, pra mim foi como ter chegado na casa de Deus, mega especial e espero.poder voltar um dia. Pena que não dá para postar fotos aqui.

  • Que lugar interessante, lindo demais, adoraria conhecer. Parabéns pelo excelente post.

  • Olá! Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

  • Que lugar lindoo!
    Nunca tinha ouvido falar… Anotado para quando começar a montar o meu roteiro pelo Chile!
    🙂

    Abraço,
    Murilo

  • Que lugar maravilhoooooso! E tão pertinho de Santiago.
    Ainda não conheço o Chile, mas com certeza absoluta, vou incluir um bate e volta para esse lugar quando for a Santiago. Vou ficar atenta ao período do ano pra não me frustrar e não conseguir chegar lá. Obrigada por essa dica, gostei muito mesmo. 😉

  • Legal! Nunca tinha ouvido falar desse lugar, apesar da região Cajon del Maipo ser já bem conhecida!

  • Que lugar é esse???? Fui correndo no mapa procurar esse paraíso e percebi que fica tão perto de Santiago quanto o Valle Nevado. Já está marcado no mapa 😉
    Show esse post!

  • Coisa! Que fotos mais espetaculares!!! Fico feliz com relatos como estes, de lugares paradisíacos e não muito visitados! Obrigada!

  • Cara você tirou muitas dúvidas!!!! Vou para o Chile daqui 2 semanas e passarei 5 dias por lá, no meu roteiro, Cajon está incluso porem, depende de como estará o tempo mês que vem. Se não estiver nevando muito, vou encarar a ida ate lá com um carro alugado, pois ví não só com você mas em vários outros blogs, que a viagem é completamente segura mesmo com um carro pequeno, desde que seja feita sem neve e até Embalse el Yeso somente, para ir às termas, é recomendado um carro maior.
    obrigado pelas dicas!

    • Oi, Rodrigo! Que bom que o post te ajudou! Se você for agora em Maio para o Cajón não esqueça de dirigir com precaução, parece que a neve já tem dado as caras no Chile então é bom ter um cuidado extra. Quando voltar nos conte como foi! Boa viagem 🙂
      Ah, o blog Ziga da Zuca que citamos no post foi de carro por conta própria na neve, vale a pena consultar.

  • Minha viagem para o Chile foi tão breve (4 dias) que só deu tempo de conhecer Santiago e olha lá.
    Essa estrada é bem apertadinha, não? Muito bom o relato! Já vou deixar anotado para uma próxima visita ao país.

  • O Chile é demais!!! Morei poucos meses em Santiago e não fui a Cajon del Maipo, acredita¿ Fiquei devendo conhecer vários lugares lá, espero conseguir voltar em breve 🙂

O blog tem mais vida quando você participa. Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos no Instagram

  • Tem exposição pra você ver em SP no final de semana. Anota aí! .
. '50 anos de Realismo: do fotorrealismo à realidade virtual' é daquelas exposições onde você acha que uma coisa é algo que ela não é 🤣. O que parece foto é pintura, esculturas que parecem de verdade e outras obras de realidade virtual... dá uma vontade danada de tocar em tudo! Vai que tá bem bacana! .
.Onde: @ccbbsp
Com entrada gratuita! .
.
.
#coisosonthego #ccbbsp #turistando #oquefazeremsp #saopaulocity #splovers #spqueamo #spdagaroa #sp #sourbbv #centrosp #mtur #011
  • Falando em #Amsterdam... Que tal ter uma experiência cheia de emoção por lá? 😱 Visite o @adamlookout! .O A’Dam Lookout está localizado nos 20º e 21º andares do prédio A’Dam Tore. O mirante oferece uma vista de 360º incrível da cidade e, para os mais corajosos, há um balanço suspenso no topo do prédio que te dá a sensação de estar flutuando sem nada embaixo. Encara?! .A primeira foto é a do balanço e a segunda a do prédio (nem dá para ver direito o balanço nessa foto 😁 #tenso). .
.
.
#coisosonthego #amsterdã #amsterdam #iamsterdam
  • Esse letreiro do #iamsterdam já não existe mais! 😱 Pois é, a polêmica retirada do letreiro pela prefeitura foi mesmo concretizada ontem com a intenção de descentralizar os turistas e fazer com que eles conheçam outros pontos da cidade, pelo menos foi o que disseram.Confesso que ainda não sei o que achei, muito porque essa medida pra nós não é tão efetiva já que além dos pontos turísticos clássicos sempre procuramos ir lugares diferentões para ir, mas isso você já sabe 😉. .
O que eu sei é que por enquanto tá estranho sem o letreiro lá na praça dos museus (no @ducsamsterdam tem a foto da retirada e de como ficou). .
O que vocês pensam sobre essa história toda? 🤔 .
.
.
#coisosonthego #amsterdam #amsterdã

Tem muito mais por lá!

Fazemos parte

Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem  Associação Brasileira de Blogs de Viagem