Bok Tower Gardens: um refúgio pertinho de Orlando

   |        |     Atualizado em 2 de julho de 2016

Verdadeiro refúgio a 20 minutos da Legoland e a menos de uma hora de Orlando, o complexo da Bok Tower, localizado em Lake Wales, inclui uma bela torre e lindos jardins projetados pelo mais famoso paisagista dos EUA! Nada mau, né?

Topo da Singing Tower do Bok Tower Gardens

Topo da “torre que canta” do Bok Tower Gardens.

O complexo Bok Tower Gardens

Localizado em Lake Wales, município ao sul de Orlando, o complexo, além dos jardins e da torre, inclui também uma casa com estilo mediterrâneo construída nos anos 1930 e incrivelmente preservada.

Famoso editor e premiado autor radicado nos Estados Unidos, Edward Bok já desfrutava de sucesso profissional quando teve a ideia de criar o espaço hoje chamado de Bok Tower Gardens. Bok gostava tanto de passar as tardes caminhando até o topo da montanha para apreciar o incrível por do sol da Flórida e os pássaros da região que decidiu transformar o local em um santuário de pássaros, assim nasceu o projeto do Bok Tower Gardens.

Entrada com famosa frase de Bok: "Deixe o mundo um pouco melhor ou mais bonito por ter vivido nele"

A entrada apresenta uma famosa frase da família Bok: “Deixe o mundo um pouco melhor ou mais bonito por ter vivido nele”.

Por mais ambicioso que pareça o sonho de criar um jardim subtropical no topo de uma montanha árida, ele foi levado adiante e realizado em 1929… e você aí com preguiça de cozinhar um ovo! Como se o santuário não fosse suficiente, Bok também construiu uma torre com mais de 60 metros que abriga um dos mais importantes carrilhões do mundo.

O maior sino do carrilhão da Singing Tower pesa mais de 10 toneladas

O maior sino do carrilhão da Singing Tower pesa mais de 10 toneladas.

Para o paisagismo, Bok contratou Frederick Law Olmsted Jr., o mais importante paisagista norte-americano do século XX, ele desenhou por exemplo alguns pequenos parques em Nova York… já ouviu falar do Central Park? Olmsted também criou os jardins de muitas propriedades na Flórida, incluindo o da Pinewood Estate, a casa que hoje faz parte da propriedade do Bok Tower Gardens, mas originalmente era vizinha dos jardins de Bok.

Pinewood Estate

Adquirida pela fundação Bok Tower Gardens na década de 70, hoje faz parte da propriedade e está aberta a visitação. Seu nome original era El Retiro e foi construída nos anos de 1930 como casa de inverno de Charles Austin Buck (Buck, Bok, preste atenção quando ouvir alguém falando os nomes para não confundi-los), vice-presidente da Bethlehem Steel Company, empresa que hoje faz parte da gigante ArcelorMittal.

Um dos banheiros da Pinewood Estate, construída nos anos de 1930 e que hoje faz parte do Bok Tower Gardens

A chuva não nos deixou tirar fotos da fachada da casa, então aqui vai um dos banheiros! 😀

Charles Buck também era amante da natureza, inclusive encomendou e construiu os jardins em seu terreno antes mesmo de projetar a casa, pois acreditava que assim conseguiria um fluxo mais orgânico entre a casa e o jardim. Talvez por esse motivo tenha acabado construindo com uma aparência realmente orgânica, quase rústica, mas ainda assim incrivelmente refinada.

Para que você tenha uma ideia da sofisticação de Charles Buck, apenas duas das dezenas de portas de toda a casa são iguais, e o piso é completamente diferente em cada um dos cômodos da casa.

Detalhe dos azulejos e pisos dentro da Pinewood Estate

Veja como o piso na base da escada é diferente do piso da escada e do piso no topo dela.

O horário de funcionamento da Pinewood Estate é mais restrito do que o do restante do complexo, então verifique o horário no site da casa!

Jardins

É meio estranho chamar de jardim uma área tão grande e que abriga mais de 100 espécies de aves… mas esse é o nome e esse também era exatamente o plano de Bok, uma série de diferentes jardins o mais convidativos possível para a vida selvagem.

Trecho tranquilo com alguns bancos logo atrás da torre que canta do Bok Tower Gardens

Pedaço do jardim logo atrás da torre que canta do Bok Tower Gardens, local perfeito para avistar pássaros, esquilos e ouvir os sinos.

Além das centenas de espécies de plantas e aves, um dos destaques do trabalho de Olmstead é a maneira como o paisagista dispôs os caminhos e a vegetação em torno da torre. Depois de apenas vê-la de longe, ainda do carro, a foto abaixo mostra o nosso primeiro contato mais próximo com a torre, do outro lado desse longo corredor de árvores e inteiramente refletida no lago à sua frente.

De longe pode-se ver melhor a imponência da torre, seus vitrais e seus guardiões no topo

Singing Tower, “ou a torre que canta”

O nome, claro, se deve à música dos 60 sinos do carrilhão da torre que ecoa pelos jardins todos os dias às 13h e às 15h. Atração principal pela beleza e por ser o grande símbolo do legado de Bok, o marco conta com uma escada de 211 degraus e o elevador original ainda em funcionamento para conectar seus 7 andares.

A torre, em seus diferentes andares, abriga relíquias da época da inauguração do santuário, a maior coleção de música de carrilhões do mundo (além da maior biblioteca sobre o assunto), o próprio carrilhão e um estúdio completo para a prática e a gravação de composições com o instrumento. É, apesar de ser composto por 60 sinos que pesam toneladas, além de cabos e mais cabos conectando esses sinos ao teclado, o carrilhão é apenas um instrumento.

O teclado original do carrilhão da Singing Tower, substituído em 1987, está em exposição no centro de visitantes do Bok Tower Gardens

O centro de visitantes abriga o teclado original do carrilhão, substituído em 1987, e muitas outras informações sobre Edward Bok (inclusive cartas trocadas durante a infância entre ele e personalidades da época), os jardins e a torre. Um grande destaque da torre sobre o qual é possível aprender mais no centro de visitantes é sua porta de entrada dourada.

A porta da torre apresenta fragmentos bíblicos dos sete dias de criação do mundo

A porta da torre apresenta fragmentos bíblicos dos sete dias de criação do mundo.

Criada e executada por Samuel Yellin, outro profissional reconhecido como o melhor do ramo quando contratado por Bok, a porta reproduz visualmente a história bíblica da gênese do universo, da criação da luz ao banimento de Adão e Eva do Paraíso. Yellin também desenhou e forjou os portões que, infelizmente, ainda hoje impedem que os visitantes cheguem mais perto da porta. Apenas membros do museu (basta fazer uma doação de US$ 100) podem chegar perto da porta e entrar na torre, mas apenas em algumas datas do ano.

Quando visitar e como chegar ao Bok Tower Gardens

Os sinos da torre tocam apenas às 13h e às 15h, então vale a pena se programar para estar lá em um desses horários. Como todo passeio que envolve jardins, flores e a natureza em geral, a experiência será bem diferente em cada estação do ano. Nós visitamos no final da primavera, numa época já bem quente na Flórida, então não pegamos o pico da estação das flores, mas os pássaros estavam por todo lugar e muito ativos.

Além disso, o parque tem uma extensa programação de eventos, inclusive para crianças, e shows durante o verão, então consulte o calendário do parque, veja o que interessa e divirta-se!

Chegar ao Bok Tower Gardens é muito fácil, pois o caminho é muito bem sinalizado para quem vem de Orlando ou Lakeland, basta acessar a I-4 (no sentido oeste, se você vem de Orlando). Você verá as placas para a Bok Tower pouco antes da saída 55 (Haines City – Clermont), daí em diante é só seguir o caminho indicado por mais 27 milhas, ou cerca de 35 minutos.

Todo passeio nos EUA termina na lojinha, e aqui não é diferente

Todo passeio nos EUA termina na lojinha, e aqui não é diferente.

Você chegará então à entrada do complexo e seguirá de carro por mais alguns minutos até o centro de visitantes. O centro de visitantes conta com um amplo estacionamento, restaurante, banheiros e, claro, uma loja de presentes 🙂

Bok Tower Gardens

boktowergardens.org

1151 Tower Blvd, Lake Wales, FL 33853

Abre todos os dias, das 8h às 18h. O horário pode variar devido a eventos privados e feriados, sempre consulte o site.

Nossa visita foi uma cortesia do órgão responsável pelo turismo da região, o Visit Central Florida, e da sua assessoria de imprensa no Brasil, a TM Latin America. Mas fique tranquilo, sempre publicaremos apenas nossa opinião pessoal, como deixamos claro em nossa política comercial.
Bok Tower Gardens: um sonho realizado
Compartilhe!
  • 72
  • 64
  •  
  •  
  •  
  •  

Curtiu? Deu vontade de viajar? Planeje sua viagem com a gente!

Reserve seu hotel no Booking.com! São milhares de hotéis com cancelamento gratuito.
A Rentcars.com compara várias locadoras de carros, cobra em Reais e parcela em 12 vezes!
Ganhe 5% de desconto com o código COISOS5 ao comprar seguro viagem na Seguros Promo.
Você precisa de Internet quando viaja! A EasySim4u oferece voz e dados em mais de 140 países.

Todos os parceiros são escolhidos com cuidado para que você sempre consiga o melhor preço! Além disso, quando você usa nossos links e afiliados, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog e o melhor é que você não paga nada a mais por isso.

Quer ficar sempre por dentro das nossas novidades? Assine o blog!

Sou tradutor já há quase dez anos e represento a parte chata do blog: o revisor que tira o excesso de piadinhas do texto, o técnico que diz que agora é impossível realizar aquela ideia que parece genial, o designer que não quer ter cor demais e que corta as fotos na proporção exata, pixel a pixel. Ainda assim, adoro viajar!

14 comentários em "Bok Tower Gardens: um refúgio pertinho de Orlando"

O blog tem mais vida quando você participa. Deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Siga-nos no Instagram

  • Virei a louca do stop motion nessa viagem para Buenos Aires (quem acompanhou os stories, já percebeu 😊) Este nós fizemos pelas ruas de Palermo, um dos meus bairros preferidos em #BsAs, cheio de arte de rua, lojinhas e restaurantes diferentes!  Enquanto as dicas não saem no blog, fiquem com nossa obra de arte. 😂 .
.
.
#coisosembuenosaires #buenosaires #travelbuenosaires #visitargentina
  • Descabelados em Buenos Aires 😂 (mas com essa vista da cidade, ninguém liga)  Obs.: Você sabe que tá imersa na viagem quando seu teclado já sugere palavras no idioma local  Continue com os Coisos nos stories, tá acabando mais ainda tem! 
#coisosembuenosaires #travelbuenosaires
#buenosaires
  • Ó, vale muito a pena conhecer o Jardim Japonês de Buenos Aires. Além de lindos  espaços fotogênicos, você pode aproveitar e fazer um super passeio pela região!  Combine o Jardim com o Rosedal, o Malba, um almoço no @nolabuenosaires e passeios pelos grafites e lojinhas de Palermo. ❤️ .  De noite, ainda dá para beber algo nos muitos bares da região, jantar um lamen (onde estamos agora) e partir para um fliperama secreto (nosso próximo passo, se acharmos a entrada)! Tá tudo no Stories! Vem com a gente!  #coisosembuenosaires #travelbuenosaires #visitargentina

Tem muito mais por lá!

Fazemos parte

Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem  Associação Brasileira de Blogs de Viagem