Stats2

Exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses em SP

   |        |     Atualizado em 13/setembro/2017

Está na Bienal do Parque Ibirapuera em São Paulo a exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses, em que a história da banda que marcou o início dos anos 90 é contada por mais de 200 itens, entre instrumentos, fotos, roupas e outras raridades! 🤘

Exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses

Exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses

Idealizada por Jacob McMurray, diretor do Museum of Pop Culture de Seattle, a exposição do Nirvana na Bienal trouxe para o Brasil mais 200 itens para contar a breve e intensa história da banda, desde seu início até a fama avassaladora e a morte de seu ícone, Kurt Cobain.

Na abertura da exposição, Jacob contou que diferentemente de outras exposições em que trabalhou, a dificuldade na organização de Taking Punk to the Masses se deu justamente pelo excesso de material disponível: “Parece que todo mundo em Seattle tem uma história ou algum item do Nirvana”, explicou ao dizer que teve de usar apenas 200 itens dos mais de 500 itens que coletou, devido ao espaço disponível no Museum of Pop Culture de Seattle.

Fotos e itens do arquivo pessoal de Krist Novoselic

Fotos e itens do arquivo pessoal de Krist Novoselic.

O curador também disse que essa familiaridade do público aumentou o desafio de realizar a exposição, já que seria necessário surpreender os conhecedores da banda, mas também atrair e agradar o público geral.

Por esse motivo, a exposição, além de contar a história do Nirvana, insere a banda no contexto cultural e social da época e ilustra o rico cenário musical do fim dos anos 80 em Seattle. Você vai poder saber mais sobre a ascensão do grunge e o surgimento de bandas como Soudgarden, Pearl Jam, Screaming Trees, Melvins, entre outras.

Krist Novoselic (baixista e membro original do Nirvana) ofereceu diversos itens para a exposição, como a camiseta que usava quando jogou o baixo para o alto e atingiu a si mesmo no MTV Music Awards, os discos que considera mais inspiradores para o início do Nirvana e diversos outros itens, como fotos do seu acervo pessoal.

Mural com 20 discos da coleção pessoal de Krist Novoselic que mais o inspiraram

Mural com discos da coleção pessoal de Krist Novoselic que mais o inspiraram.

Alguns destaques da exposição do Nirvana!

  • Trilha sonora criada especialmente para a exposição

Preste atenção na trilha sonora ao entrar na exposição. A faixa de 60 minutos em 16 canais foi criada por por Steve Fisk, famoso produtor musical de Seattle que trabalhou com bandas importantes dos anos 90, como Soudgarden, Screaming Trees e o próprio Nirvana.

  • Instrumentos originais usados pela banda

Uma bateria usada por Dave Grohl, um baixo de Krist Novoselic e guitarras de Kurt Cobain estão expostos junto a fotografias que mostram esses instrumentos em uso durante os shows.

Curador em frente à primeira guitarra despedaçada por Kurt Cobain

Curador da exposição em frente à primeira guitarra despedaçada por Kurt Cobain.

Um dos instrumentos mais legais de se ver de perto é a primeira guitarra que Kurt destruiu em um show durante o dia das bruxas de 1988. A empolgação fez com que Cobain destruísse a única guitarra que possuía na época, mas assim começou a sequência de muitas guitarras quebradas no palco.

Mais uma das guitarras despedaçadas por Kurt Cobain durante sua carreira

Mais uma das guitarras despedaçadas por Kurt Cobain durante sua carreira.

  • Pôsters de diversos shows históricos do Nirvana

Entre eles, o pôster de um show com a banda feminina e feminista Bikini Kill (precursora do movimento Riot Grrrl) em que o Nirvana tocou Smells Like Teen Spirit pela primeira vez!

  • Várias horas de material audiovisual

Entre esse material está inclusive a primeira entrevista da banda para a televisão, ainda com Chad Channing na bateria, gravada em 16 de janeiro de 1990, e que nunca foi ao ar.

Em diversas estações espalhadas pela exposição estão disponíveis entrevistas e pequenos documentários que contam mais sobre a banda e a cena musical norte-americana da época.

São horas e horas de material audiovisual

  • Recriação do cenário do MTV Unplugged

Por ter sido a última apresentação ao vivo do Nirvana registrada em grande estilo e por ter feito com que a banda atingisse um público que ainda não tinha alcançado, mesmo com a fama dos trabalhos anteriores, o acústico MTV do Nirvana é considerado obra essencial na carreira da banda.

Para refletir a importância do álbum, foi recriada a ambientação da gravação em uma área que exibe um documentário de cerca de 25 minutos contando a história da banda.

Espaço decorado como o cenário do Acústico MTV do Nirvana onde é exibido filme sobre a história da banda

  • Diversos documentos e cartas de Kurt e do Nirvana

Entre eles, o primeiro contrato da banda com a gravadora Sub Pop, de 1983. O contrato previa a gravação de 3 álbuns e estipulava um pagamento escalonado por eles, Bleach, primeiro álbum da banda, rendeu ao Nirvana míseros 600 dólares, valor determinado para reembolsar os músicos pelos gastos com a produção do disco.

  • Material de palco e setlists

Estão expostos diversos itens utilizados durante turnês e shows, inclusive no Brasil, no polêmico Hollywood Rock de 1993 (considerado o pior show da banda). Além de fotos, você também vai ver várias peças de roupa, instrumentos e setlists originais utilizados nos palcos.

Material de palco da turnê In Utero

Acessório de palco da turnê In Utero.

  • Um outro lado artístico de Kurt Cobain

A exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses também traz imagens de um jovem Kurt Cobain em aulas de arte na escola e um de seus quadros, pintado em 1984, que mais tarde acabou intitulado A new american gothic.

  • E mucho más!

Apesar da duração de cada sessão ser de uma hora, a exposição tem material de sobra para você passar um dia inteiro conhecendo melhor a história de uma bandas mais famosas e influentes da década de 1990.

São dezenas de fotos, depoimentos, manuscritos de letras de músicas, provas de capas dos discos e até um cenário que imita a capa de Nevermind, onde você pode tirar sua própria foto!

Se o Nirvana, e a música dos anos 90, marcou sua adolescência ou até hoje está presente no seu gosto musical, não deixe de visitar a exposição e sair com um gostinho de nostalgia boa no ar e uma compreensão maior do que significa ficar repetindo “Hello, hello, hello, how low” por aí! 🙂

A exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses faz parte do projeto Samsung Rock Exhibition que traz para o Brasil exposições sobre rock e cultura pop. Assim que soubermos das próximas, avisaremos vocês!


Leia também: A Era dos Games, outra exposição imperdível no Parque Ibirapuera


Informações sobre a exposição do Nirvana em São Paulo

De 12/9 a 12/12.

De terça a sexta, das 9h30 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 19h.

De terça a sexta: R$ 25 (inteira). Finais de semana e feriados: R$ 25 (inteira). Os ingressos permitem permanecer na exposição durante 60 minutos e podem ser adquiridos antecipadamente através do site Ingressorapido.com e também na bilheteria na entrada da exposição.

Há banheiros no local.

Parque Ibirapuera (Portão 3), Pavilhão Ciccillo Matarazzo (Bienal): Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Ibirapuera.

Exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses - Pinterest    Exposição Nirvana: Taking Punk to the Masses - Material de palco da turnê In Utero - Pinterest

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Curtiu? Deu vontade de viajar? Planeje sua viagem com a gente!

Reserve seu hotel no Booking.com! São milhares de hotéis com cancelamento gratuito.
A Rentcars.com compara várias locadoras de carros, cobra em Reais e parcela em 12 vezes!
Ganhe 5% de desconto com o código COISOS5 ao comprar seguro viagem na Seguros Promo.
Você precisa de Internet quando viaja! A EasySim4u oferece voz e dados em mais de 140 países.

Todos os parceiros são escolhidos com cuidado para que você sempre consiga o melhor preço! Além disso, quando você usa nossos links e afiliados, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog e o melhor é que você não paga nada a mais por isso.

Quer ficar sempre por dentro das nossas novidades? Assine o blog!

Eu sou a Coisa e sou a parte um pouco mais criativa e espontânea do blog. Escrevo a maioria dos posts, defino mais ou menos a direção das pautas, me preocupo além da conta com cada coisinha que temos de fazer para melhorar o blog e estou sempre convencendo o Coiso a viajar mais um pouquinho!

Já dizia o ditado: "Opinião é como bunda, todo mundo tem uma". Mostre a sua! 😁

Novidades

Siga-nos no Instagram

  • Esta foi nossa casa em Orlando nos últimos dias, e não poderíamos ter feito uma parceria melhor. Se você vem para cá, recomendamos MUITO a @ihomeresort 💕

Casa impecável, atendimento ágil e site em português. Em breve, tudo no blog, fiquem de olho! 👀☺ #CoisosNosEua
  • Tá em Orlando e quer pegar uma praia? É possível sim! Em um pouco mais de 1h30 você chega na bela Cleawater Beach! 
E olha, essa não é qualquer praia não, é a que muitos consideram a melhor da América 😉 .
.
.
Durante a nossa viagem em Orlando estamos hospedados em parceria com a @ihomeresort, se você está procurando uma casa na cidade, dê uma olhada no perfil deles!

#CoisosNosEua
  • Esse gigante amigável fica na Dinoland USA, área do Animal Kingdom dedicada aos dinossauros, que conhecemos ontem. Você já foi? Viu o mundo de Pandora? Demais, né? 😍

Ah, e você já viu a casa da @ihomeresort em que estamos hospedados? Acompanhe tudo no stories!

Tem muito mais por lá!

Fazemos parte

Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem  Associação Brasileira de Blogs de Viagem