13 passeios imperdíveis em Belém com mapa completo e dica bônus!

   |        |     Atualizado em 21 de março de 2019

Tá difícil decidir o que fazer em Belém do Pará? Nossa lista dos 13 melhores passeios de Belém inclui os pontos turísticos mais interessantes e um destino bônus incrível pertinho da capital paraense. Vem se apaixonar por Belém também!

O que fazer em Belém do Pará

A capital paraense tem muita história para contar, afinal o Norte do país foi um grande centro comercial e cultural muito antes do Sul e Sudeste. Arquitetura, gastronomia e fé estão por toda parte, e nada melhor do que explorar pontos turísticos, e nem tão turísticos assim, para viajar pelo o melhor de Belém. Veja agora o que fazer em Belém do Pará.

No final tem mapa das atrações e uma dica bônus, não perde. 😉

1. Estação das Docas

Antigo porto da cidade, a Estação das Docas foi completamente restaurada e hoje funciona como complexo turístico e gastronômico de Belém.

Estação das Docas: antiga zona portuária, revitalizada à la Puerto Madero, hoje é ponto gastronômico e turístico da cidade

Assim que chegamos, nos lembramos de Puerto Madero em Buenos Aires, afinal ambos os projetos são portos revitalizados e adaptados para receber opções de lazer e gastrostomia. No entanto, a Estação das Docas em Belém do Pará tem opções gastrônomicas melhores e com preços mais justos, fora o por do sol inesquecível. Ponto pra Belém!

Anota aí para não esquecer: ver o pôr do sol na Estação das Docas é obrigatório (bom, nada é obrigatório, né… altamente recomendado :D) quando você estiver em Belém.

2. Mercado Ver-o-Peso

Mistura de feira livre e mercado público a céu aberto, o Ver-o-Peso é uma experiência marcante em Belém. Fica logo ao lado da Estação das Docas, mas é completamente diferente.

O Mercado Ver-o-Peso é um dos maiores símbolos de Belém do Pará, lá você encontra tudo, de frutas e castanhas a artesanato, sucos e açaí

O Mercado Ver-o-Peso é um dos maiores símbolos de Belém do Pará, lá você encontra tudo, de frutas e castanhas a artesanato, sucos e açaí.

Cheiros, sabores e artesanato fazem do Ver-o-Peso um dos passeios mais característicos da cidade. Já saiba que você vai querer levar muita coisa, porque é um ótimo lugar para levar uma lembrança do Pará para casa, de farinha a vasos e, quem sabe, algum elixir.

Comida, elixires, castanhas, sucos, frutas e animais... não há nada que você não encontre no Ver-o-Peso ou em até 500 metros dali

Comida, elixires, castanhas, sucos, frutas e animais, não há nada que você não encontre no Ver-o-Peso… ou em até 500 metros dali.

Para comer por lá mesmo, o box da Dona Lúcia (número 37) é uma boa pedida, assim como os sucos bons e baratos das barracas especializadas, adoramos o de cupuaçu. Na seção de castanhas, não deixe de provar a castanha do Pará crua!


Falando em comida… Sei que você quer provar os sorvetes Cairu, tacacá, maniçoba, e outras tantas delicias do Pará, e como são tantas fizemos uma lista especial de onde comer em Belém! Se você curte gastronomia local, não deixe de ir lá ver!


3. Mercado de Carnes Francisco Bolonha

Parece esquisito um mercado de carnes  na lista de o que fazer em Belém do Pará? Mas esse mercado fica coladinho no Ver-o-Peso e não custa nada dar um pulinho até lá. O destaque fica por conta dos detalhes art noveau e uso do ferro fundido. A escadaria que leva ao ponto de observação é linda.

Em frente ao Ver-o-Peso está o Mercado de Carnes Francisco Bolonha, destaque arquitetônico da cidade

4. Forte do Presépio

Com vista para o Ver-o-Peso e para a Baia de Guajará, o Museu do Forte do Presépio, também chamado de Forte do Castelo de Belém, é uma das atrações mais visitadas da cidade velha.

No Complexo Feliz Lusitânia na Cidade Velha, ao lado do Ver-o-Peso, o Forte do Presépio foi convertido em museu

O Forte vai manter para sempre o título de primeira construção de Belém e, depois de séculos sendo usado para fins militares, foi revitalizado e transformado em museu em 2002. Faz parte do complexo Feliz Lusitânia, região turística com diversas atrações no centro histórico de Belém, a parte mais antiga da cidade.

Entrada R$ 4. Entrada gratuita às terças-feiras.

5. Casa das Onze Janelas

Casa, Museu, Palacete, Espaço Cultural das Onze Janelas, não importa o nome, todos representam o mesmo lugar, um espaço para quem gosta de arte contemporânea. Também inaugurado em 2002, a Casa das Onze Janelas acaba de passar por uma reforma e está mais do que pronta para receber a sua visita.

6. Mangal das Garças

Um pedacinho da Amazônia na cidade de Belém. O enorme parque ecológico inclui um museu da navegação fluvial, viveiro de aves, borboletário, orquidário e muito mais.

Mangal das Garças - Refúgio zoobotânico em Belém

Você pode passar horas só caminhando pelo lugar, apreciando a vista do rio ou assistindo a dezenas (sim, dezenas) de iguana tomando sol pelo parque.

Dezenas de iguanas e garças passeiam livremente pelo Mangal das Garças em Belém do Pará

7. Theatro da Paz

Fundado há mais de 140 anos e com 900 lugares, o Theatro da Paz ganhou esse nome por conta do fim da guerra do Paraguai.

O Theatro da Paz tem mais de 900 lugares e tem muitos eventos gratuitos

Atualmente, o teatro é palco não só de peças, mas também de concertos e shows populares, muitos deles com ingressos gratuitos. Também é possível fazer uma visita aos diferentes espaços do Theatro, confira no site.

8. Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré

Patrimônio histórico do estado do Pará, a centenária Basílica é um dos mais celebrados templos católicos do país. É para lá que segue a procissão do Círio de Nazaré todos os anos, no segundo domingo de outubro.

Basílica Nossa Senhora de Nazaré, ponto final da procissão do Círio de Nazaré que movimenta milhões de pessoas em Belém do Pará

Durante a época do Círio uma enorme feira com comida e um parque de diversões (o Ita  Center Park) são montados em frente à Basílica.

9. Museu Paraense Emílio Goeldi

Parte parque ambiental, parte museu e parte estação ecológica, o Museu Goeldi é mais uma instituição centenária de Belém. Fundado em 1871, segue reconhecido como uma das mais importantes instituições de estudos sobre a Amazônia.

O Parque Museu Emilio Goeldi abriga exposições sobre a fauna, flora e cultura da região, além de atuar como importante centro de pesquisa de conservação ambiental

Na nossa visita, conhecemos um pouco mais sobre diferentes tribos da região, o trabalho contra o desmatamento e a vida de Darrel Addison Posey, o Yairati, biólogo norte-americano que estudou os conhecimentos indígenas sobre plantas, animais e ecossistemas. Foi um dos responsáveis pela suspensão dos planos da hidrelétrica do Xingu nos anos 80.

10. Parque da Residência

Antiga residência oficial do governador do estado, o espaço agora é bem tranquilo e multifuncional: abriga a Secretaria de Cultura do estado, a sede da Sociedade Paraense de Orquidófilos, um teatro com 400 lugares, anfiteatro e um grande coreto onde jovens treinam coreografias.

Parque da Residência, antiga residência oficial do governador do Pará hoje é um polo cultural da cidade

11. Espaço São José Liberto

Transformado em polo joalheiro de Belém, o espaço foi originalmente uma capela, depois um quartel, hospital e, por fim, uma prisão. Foram mais de 150 anos como cadeia pública, sendo mais de 50 como presídio de segurança máxima.

Antigo presídio de segurança máxima convertido em polo joalheiro de Belém do Pará: conheça o Espaço São José Liberto

Hoje o espaço abriga diversos fabricantes de joias e artesanato, além de um museu sobre o uso do local como presídio e, em especial, uma das rebeliões ocorridas ali. O museu fica no espaço que originalmente funcionava como uma das celas do presídio e expõe um pouco do dia a dia da cadeia. É um pouco claustrofóbico e bem pesado.

12. Praça Batista Campos

Um dos muitos oásis urbanos de Belém, a grande praça de 3 mil m² já foi eleita uma das mais bonitas do país. Construída no século XIX, passou por algumas reformas e foi revitalizada pela última vez em 2008.

A Praça Batista Campos é um marco de Belém do Pará com seus coretos, áreas verdes, pontes e muita gente relaxando

Coreto, pontes, áreas verdes sem grades e cursos d’água são as estrelas da praça.

13. Fox Belém, antiga Fox Video

Antiga locadora, a Fox hoje funciona como livraria e café cultural, além de abrigar eventos da FLiPA (Feira Literária do Pará) e FLIB (Feira Literária Infantojuvenil do Pará) e uma venda de queijos artesanais.

Fox Video: a locadora tranformou-se em livraria e também vende queijos. É também a casa da FLIPA e do Pierrot

Entre as atrações da livraria estão o ambiente sossegado, catálogo variado com destaques regionais e o exemplar funcionário gato Pierrot (“o gato mais amado da cidade“!), que tem até Instagram. Orgulho em dizer que a gente conheceu um pouco antes dessa fama de ter até Instagram. 😀

Dica dos Coisos: quanto tempo ficar em Belém

Para cobrir todos os pontos turísticos da lista, o ideal é ficar pelo menos três ou quatro dias em Belém. Vale lembrar que a maioria dos museus e atrações turísticas em Belém fecha na segunda-feira, por isso verifique os horários das atrações e programe bem a sua visita.

Mapa de atrações turísticas de Belém do Pará

Colocamos todos os passeios neste mapa com as atrações turísticas de Belém do Pará. Agrupamos com a mesma cor os passeios bem próximos que você pode fazer em sequência.

Passeio bônus imperdível em Belém!

Pra você que chegou até aqui, também tem dica de o que fazer nos arredores de Belém! Não deixe de conhecer a Ilha do Combu, onde você encontra:

  • Chocolates Filha do Combu: chocolates e doces incríveis criados pela visão de Dona Nena, empreendedora local.
  • Saldosa Maloca: restaurante à beira do rio em que você pode passar um dia inteiro comendo, tomando banho, deitado na rede, fazendo trilha…
  • Muitos outros bares e restaurantes à beira do rio!

Veja mais detalhes aqui.


Seja essa a sua primeira vez na cidade ou não, você viu que não falta coisa para fazer em Belém do Pará. Conta nos comentários o que você já viu ou pretende visitar quando estiver na cidade!

Ah, no nosso Instagram tem um destaque com Stories da nossa viagem em Belém do Pará.

Em Belém do Pará, em frente ao Ver-o-Peso, está o Mercado de Carnes Francisco Bolonha com sua escadaria de ferro fundido

O Mercado Ver-o-Peso é um dos maiores símbolos de Belém do Pará, e você não pode sair de lá sem provar a castanha do Pará crua

O parque zoobotânico Mangal das Garças é um ótimo passeio para dias de sol em Belém do Pará

Compartilhe!
  • 87
  • 217
  •  
  •  
  •  
  •  

Curtiu? Deu vontade de viajar? Planeje sua viagem com a gente!

Reserve seu hotel no Booking.com! São milhares de hotéis com cancelamento gratuito.
A Rentcars.com compara várias locadoras de carros, cobra em Reais e parcela em 12 vezes!
Ganhe 5% de desconto com o código COISOS5 ao comprar seguro viagem na Seguros Promo.
Você precisa de Internet quando viaja! A EasySim4u oferece voz e dados em mais de 140 países.

Todos os parceiros são escolhidos com cuidado para que você sempre consiga o melhor preço! Além disso, quando você usa nossos links e afiliados, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog e o melhor é que você não paga nada a mais por isso.

Quer ficar sempre por dentro das nossas novidades? Assine o blog!

Eu sou a Coisa e sou a parte um pouco mais criativa e espontânea do blog. Escrevo a maioria dos posts, defino mais ou menos a direção das pautas, me preocupo além da conta com cada coisinha que temos de fazer para melhorar o blog e estou sempre convencendo o Coiso a viajar mais um pouquinho!

2 comentários em "13 passeios imperdíveis em Belém com mapa completo e dica bônus!"

O blog tem mais vida quando você participa. Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Siga-nos no Instagram

  • A exposição da Tarsila anda fazendo tanto mas tanto sucesso que essa semana o @masp resolveu estender os horários de funcionamento durante alguns dias! 🙌Os horários da semana estão assim:
16/4 - das 10h às 22h 😱 (e ainda tem entrada gratuita)
20 e 21/4 - das 10h às 20hE já sabe, né? Além da Tarsila, tá rolando exposição da Lina Bo Bardi e da Djanira da Motta e SilvaPor aqui, queremos muito ir. Bora?!!
.
.
#coisosonthego #sourbbv #masp #avpaulista
  • Quem viu nossos stories talvez já reconheça esse cenário de um dos meus filmes preferidos e de uma das viagens mais legais que já fizemos!
.
Já sabe? 😁
.
É a locação do filme Bagdad Café e fica em Newberry Springs, Califórnia, à beira da Rota 66!
.
Você já foi visitar a locação de um filme que adora? Recomendo, e muito! .
.
#coisosonthego #route66 #rota66 #bagdacafe #visittheusa #visitcalifornia
  • 'O TEMPO MATA' é a nova exposição do @sescavpaulista... E eu não vou falar muito mais do que isso porque vai ser bem mais legal se você for sem saber quase nada!
(Pegue o livro gratuito na exposição para entender melhor depois 😁😉)
.
.
Sesc Av. Paulista
Até 16/06
Entrada gratuita
.
.
#coisosonthego #sescpaulista #avpaulista #meusescavenidapaulista #mtur #expo

Tem muito mais por lá!

Fazemos parte

Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem  Associação Brasileira de Blogs de Viagem